10 March, 2012

just the way you are. - capítulo dois


Capítulo 2



O dia custou muito a passar mas depois de tantas aulas, sempre perdida nos seus pensamentos, Laura decidiu que tinha que desabafar por isso pegou no telemóvel e digitou o número que sabia de cor.
O telemóvel estava desligado, Laura deixou uma mensagem:

"Amor, preciso de ti. Quando puderes vem ter comigo àquele parque perto da minha escola. Beijos, amo-te."
-------//-------


Laura estava sentada num banco naquele parque que ela conhecia tão bem. Aquele parque em que ela foi insultada por um desconhecido. Passado uns minutos de espera, o amor da sua vida apareceu.

- Amor, o que é que se passa? Vi a tua mensagem, e fiquei preocupado.- disse Bruno, com um ar preocupado no rosto.

Bruno era o namorado de Laura, desde há nove meses atrás. Era paciente e amigo, nunca deixava a Laura para trás. Compreendia-a sempre, e espera o tempo que fosse preciso, porque a ama. Ama como nunca amou ninguém, e quer estar com ela até ao fim da sua vida. Nunca tiveram relações sexuais pois Laura não se sente bem consigo própria, e não se consegue entregar a alguém nesse aspecto. Ele apenas espera e respeita as decisões de Laura.

- Preciso de ti ao pé de mim, não me deixes!- pediu Laura, com as lágrimas no canto do olho, abraçando-se a ele com toda a força que tinha.
- O que é que se passou princesa? Conta-me tudo.- Pediu Bruno.
- É que… hoje…- neste momento Laura já estava com as lágrimas a correrem pela face, e tentava dizer entre soluços.- aqui no parque…
- Diz tudo de uma vez Laura, confia em mim. Estás-me a deixar muito preocupado.
  - Não tens que te preocupar, não é assim nada de importante. Mas eu conto na mesma… é assim, hoje estava aqui no parque e … oh, é mesmo necessário contar isto.
- É, e já devias ter contado tudo.
- Pronto, pronto… estava aqui e fui contra um rapaz qualquer que nunca tinha visto na minha vida e fui contra ele, sem querer. Pedi-lhe desculpa, mas ele não aceitou e chamou-me gorda. Pronto, está dito.- Laura estava com tanto medo e vergonha, que as palavras atropelavam-se umas às outras.
- E estavas com medo de dizer isso? Sabes que eu te apoio em tudo… - concluiu Bruno.

Laura parou, o seu coração começou a bater mais rápido. Ele estava ali naquele parque, outra vez …

6 comments:

Dani said...

está lindo! esse gajo... --'

Daniela Amorim said...

Gostei muito do teu cantinho, linda.
Sigo, se puderes faz o mesmo no meu*
Beijinhooos

Daniela Amorim said...

Obrigadaa linda.
Beijão.

Dani said...

mas ele vai ser importante na história, tipo marcar a vida da Laura?

Ana. said...

Tenho um desafio para ti no meu blog :D
quando tiveres tempo passa por lá se quiseres, está no separador 'Desafios' Beijinhos

Dani said...

diz-me, Catxinha :c