22 February, 2012

just the way you are. - capítulo um


Capítulo 1


Depois destas duas semanas de férias, este frio que não se suporta… depois desta vontade enorme de ficar deitada na cama o dia todo… depois desta boa vida, Laura vai começar a acordar mais cedo para dar início ao segundo período de aulas.
Laura anda no 11ºano, a época de testes é um inferno. Fica atarefada, sem tempo para os seus passatempos e para as coisas que mais gosta. Enfim, como se ninguém soubesse isto.


-------//-------
“It's time to get up, in the morning (in the morning 2x) Got mcdonalds breakfast for you (just for you) Or any other brand. We drove two miles to get it So you better get up and eat it You don't wanna be a selfish laz (crazy, boy) So we gotta get up! Time to get up! It's time to get up!”
O despertador toca, a anunciar mais um dia… Laura vai começar outra vez a sua rotina diária, ao fim de duas semanas de descanso. Laura levanta-se, prepara-se e dirige-se para a cozinha, para tomar o pequeno-almoço.
- Bom dia mãe.- cumprimentou, dando-lhe um beijo na face.
- Bom dia princesa.-  cumprimentou também, animadamente, a mãe.- despacha-te que já estás a ficar atrasada.
- Estou quase mãe.- informou Laura.
-------//-------
Laura vai a pé todos os dias para a escola. É perto da sua casa e ela gosta de apreciar a vista da bela cidade do Porto. Gosta de se sentar no banco de jardim, a ouvir a Natureza falar.
- Ei, vê por onde andas!- resmungou um desconhecido. Laura ia tão perdida nos seus pensamentos que não viu este rapaz e foi contra ele.- És maluca ou quê?!
- Ai, desculpa. Estava distraída. Magoaste-te? Há alguma coisa que eu possa fazer para te recompensar?- perguntou Laura, muito aflita.
- Não, não me magoei! Por pouco! Por acaso há uma coisa que podes fazer… desaparece-me da frente gorda!
Aquele rapaz foi embora, e Laura perdeu as forças e deixou-se ficar ajoelhada no chão, com aquele frio horrível. Laura não era gorda, mas ela via-se assim e ninguém a conseguia fazer mudar de ideias.
Aquele insulto feriu-lhe o coração, como mil facas espetadas. Ainda por cima vindo de um desconhecido…
Deixou-se ficar ali, sozinha… a chorar.


6 comments:

Dani said...

ai, que estúpido --' AFFFFFF, quando é que a menina continua?

martasousa said...

pois eu também sou assim :))

Dani said...

quem ler o teu comentário pensa que está assim tão lindo o.o
então começaaaa!

Dani said...

a cátia é sempre tão querida, ai! este texto foi só um desabafo de 15 anos... enfim, obrigada (pela 3ª vez) e gosto muito de ti, sim? :$
p.s: quero o capítulo, pode ser? :c

Dani said...

gostas, gostas :b
tenta mesmo, sim?
perfeito está o teu, acredita em mim ♥

carinapeixoto said...

aii que parvo :o
mas, estou a gostar (: