27 July, 2011

sete.


« Somos uns mentirosos. não conseguimos dizer o que sentimos por isso arranjamos outras formas de o fazer. (...) O amor não é grandioso ? O que é que isso significa: " Amor " ? são os cartões, os filmes, as músicas...  são os culpados das mentiras... dos desgostos, de tudo. E nós somos responsáveis. Eu sou responsável. As pessoas deviam poder dizer como se sentem, como se sentem na verdade. " Amor " ... Não tem significado nenhum. (...) A maioria dos dias do ano são comuns.  Começam e acabam, sem acontecer nada memorável. A maioria dos dias não têm impacto no rumo da vida. (...) Por acontecer alguma coisa má na vida, não se pode imputar um grande significado cósmico a um simples evento terrestre. Coincidência, e nada mais. Pura coincidência. Os milagres não existem. Que o destino não existe. Nada está destinado. »

In (500) days of summer, um pouco adaptado por mim

11 comments:

Ana Sofia said...

estou a ver que tenho de ver o filme, haha as adpataçoes fazem a diferença óbvio
gostei querida :p

és uma fofa exagerada

inês said...

e eu ao teu, querida

Margarida Coelho said...

muito muito bom :))

Isabel said...

Gostei muito !

inês said...

de nada linda*

Isabel said...

Já vi que sim (:

Ana Sofia said...

adoro te

Ana Sofia said...

ahha olha quem fala são tão fofos

Ana Sofia said...

haha estas a ver xP
não me queres oferecer um?

Ana Sofia said...

fogo pois sao, viste o site q te mande-0

Gabriela ♥ said...

Obrigada linda :)
Também sigo *-*